Saltar para o conteúdo

Se comprar fruta fora da época

26/05/2019

o que me acontece é ter uma dúzia e meia de opções que, não importa qual delas escolha, em casa  terei sempre o mesmo sabor (estava aqui a pensar naquele emoji com uma espiral ascendente castanha…).

Por isso, aquele senhor, penso que será fotógrafo amador, que não nos venha criticar por alguém não estar interessado no que nos querem impingir. Que se preocupe ele com a falta de qualidade da fruta.

Não escolher nenhum não é desistir de escolher, é saber que no fim do dia, os vinte e um “honestíssimos representantes nacionais” serão precisamente os mesmos vinte e um “honestíssimos representantes nacionais” que seriam escolhidos caso o nosso grão de areia contasse.

Decidir não querer nenhum dos presentes, não retira legitimidade para criticar o que já se critica há algum tempo. Ser enganado sempre pelos mesmos ao longo de 45 anos, legitima tudo aquilo que apetecer a cada um de nós.

Anúncios

“Fazer pouco”

20/05/2019

Quem faz pouco de alguém, é porque não sabe fazer mais (ou não pode).

Há o discurso oficial

05/05/2019

E a chatice da realidade que teima em borrar a pintura.
(e se a comparação for com 2010 ainda é pior…)

Aguenta coração!

03/05/2019

Duas boas notícias de uma só vez?…

If you fight monsters you’ll become monster too

28/03/2019

Relativizar será preciso…

21/03/2019

Sabemos bem o que os outros são para nós. Nunca temos a certeza do que somos para os outros…

4

14/03/2019