Skip to content

Sem eira nem beira

14/04/2009

Anda tudo do avesso
nesta rua que atravesso
dão milhões a quem os tem
aos outros um passou-bem

Não consigo perceber
quem é que nos quer tramar
enganar despedir
e ainda se ficam a rir

Eu quero acreditar
que esta m*** vai mudar
e espero vir a ter
uma vida bem melhor

Mas se eu nada fizer
isto nunca vai mudar
conseguir encontrar
mais força para lutar…

Senhor engenheiro dê-me um pouco de atenção
há dez anos que estou preso há trinta que sou ladrão
não tenho eira nem beira mas ainda consigo ver
quem anda na roubalheira e quem me anda a comer

É difícil ser honesto
é difícil de engolir
quem não tem nada vai preso
quem tem muito fica a rir

Ainda espero ver alguém
assumir que já andou
a roubar a enganar
o povo que acreditou

Conseguir encontrar mais força para lutar
conseguir encontrar mais força para lutar mais força para lutar…

Senhor engenheiro dê-me um pouco de atenção
há dez anos que estou preso há trinta que sou ladrão
não tenho eira nem beira mas ainda consigo ver
quem anda na roubalheira e quem me anda a f****

Há dez anos que estou preso há trinta que sou ladrão
mas eu sou um homem honesto só errei na profissão.

Xutos & Pontapés, 2009

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: